quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Chuta que é macumba!



Esta é mais uma edição em nosso blog da nossa filosofia Chuta que é Macumba! Segundo nossa amiga e blogueira Sartaris , é uma expressão neo-dialética-pop-vanguarda-hiper-semiótica. Aqueles e aquelas que quiserem conhecer mais sobre Chuta que é Macumba, leiam a primeira edição, publicada em maio deste ano.

Relembrando: as personagens das histórias são fictícias e qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais é mera coincidência. (Será...????)




Chuta que é macumba!

Você achou que estava namorando com o cara. Foram comprar presentes de Natal juntos, trouxe um perfume carésimo da viagem de Londres pro moço e até viajou pra outro estado pra conhecer a família dele. Mas a coisa esfriou... Num belo sábado ao meio-dia, ele liga com voz de sono: “Alô? Maria? Olha, não vou mais naquele churrasco que te falei” Você responde: “Que churrasco, José? Você não me falou na da de churrasco...” E ele: “Ah, liguei pra Maria errada”... tu-tu-tu-tu-tu... CHUTA de com força! Chuta que é macumba!


Um cara te cerca há muito tempo. Você fica com outros na frente dele, não dá a menor idéia e ele não para de te olhar. Ele faz tudo pra ficar contigo. Todos reparam. Aí, um belo dia, você resolve fazer a caridade de ficar com ele. Não é tão bom, mas não é tão ruim e você até resolve aceitar o pedido de namoro. Ele conseguiu!!! E você começa a achar bom... Depois de uma semana, o cara está estranho e você pergunta o que foi... Ele diz que não quer namorar e... SOME! Chuuuuuuuuta que é macumba!


Você começa a namorar um cara que tira onda. Diz que é americano apesar do sotaque de português, diz que trabalha pra CIA, diz que é muito bem relacionado e mora num bairro bacana. Um dia ele te chama pra ir num restaurante carésimo porque faz questão de apresentá-la aos amigos. Chique, não? Mas, logo após o convite ele solta: “Mas, olha, o restaurante é muito caro... Faz um lanchinho antes, faz?” Chuta que é macumba!


Namorar com pobre não pode dar certo... E além de pobre, menino! Uma bela noite, já no quinto sono, você acorda com o celular. Atende, percebe que é a cobrar e já pensa que é notícia ruim! E é! No outro lado da linha: “Oi, desculpe te ligar a cobrar... Tô aqui no orelhão... Mas só queria te desejar uma boa noite e dizer que estou morrendo de saudades...” CHUTA que é macumba!!!


Você conheceu um cara e teve um rolo com ele. Não deu certo, mas ficou na memória que foi a melhor transa do século. Muito tempo depois o sujeito te manda uma mensagem no celular, um tipo de desculpa esfarrapada, pra um novo contato. Conversam, marcam um dia para 'sairem'. Você, mocinha toda afim de um repeteco da boa foda, se arruma, depila, faz a unha e separa a super langerie para ser rasgada pelo gostosão. No dia D, ele te manda uma mensagem desmarcando o encontro e promete te ligar mais tarde. Dias depois te manda uma SMS: "Desculpa não ter te ligado. É que não queria te magoar..." Que fofo!!! Mal sabe ele a diferença entre uma boa trepada e amor de pica. Chuta! Com muita força!!!! Chuta que é macumba!!!!


Você namora um cara há um bom tempo. Aliás, muito tempo. Um dia, num almoço pós super noite caliente, ele solta: "Eu acho que eu quero passar todo o resto da minha vida ao seu lado..." Você já logo pensa que isso é um pedido de casamento. Que lindo!!!! Ele completa: "Assim eu tenho certeza de que nenhum homem, além de mim, vai te comer". Chuta, minha filha! CHUTA que é macumba!


Você conhece um cara super bacana. Começam a sair, se conhecer e ver toda a magnífica afinidade que pode existir entre um casal. Tudo indo bem... Um domingo ele te liga e diz que quer te ver, aparece na sua casa (você está com uns amigos) e combinam de mais tarde fazerem alguma coisa - ou no boteco da esquina ou qualquer outro lugar. Combinam de se encontrar na sinuca favorita e ele aparece com uma super amiga brother - que coincidentemente é ex. Sim, aquela ex que ele falava um monte de insanidades a respeito. Entre jogo e cerveja, os pombinhos se amassam na sua frente... (além do detalhe de ele achar esse comportamento super normal). Fazer o que a respeito de um moleque doente? Chuta, querida! CHUTA QUE É MACUMBA!!!!!

Por: "Batida de Banana highlander experiences"


Créditos da imagem: Byacool.


3 comentários:

Ayla Al Nar disse...

eu incluiria 2 q aconteceram comigo:

Você conhece um cara interessante, cavalheiro, poeta... e resolve sair com ele. O problema é que logo nos primeiros encontros ele aparece vestido goticamente, ou com calça de couro, ou com lápis preto nos olhos, ou todas as coisas juntas. Você tenta conversar com ele sobre o assunto, mas ao invés de vestir-se como uma pessoa normal, ele pára com os hábitos anteriores, mas adquire alguns novos como sair de chapéu e suspensório. É... a menos que você também goste de andar fantasiada, CHUTA QUE É MACUMBA!

Você encontra, numa boate, o cara com quem fez sexo algumas vezes. Dança com ele, na hora de ir embora despede-se e, meia hora após chegar em casa ele te liga querendo te ver. Detalhe: são seis da manhã e antes ele estava naquela boate com a namorada! CHUTA QUE É MACUMBA!

Vodka Ice disse...

Próxima edição, elas entram!

Obrigada, Ayla!

Beijos!

Sartaris disse...

Kakakeakekekka

As histórias do Chuta que é macumba são sempre formidáveis!

Duas para o compêndio.. Aconteceram, lógicamente, com a prima de uma amiga minha...

Você vai para uma festa só para fazer companhia a sua amiga. Quando o tédio começa a bater, aparece aquele amigo de um amigo seu, que você conhece vagamente. O cara é todo atenções e depois de algumas horas de papo, vocês ficam. Festa chata, os dois vão curar o tédio no carro. Na segunda-feira o cara conversa com você pelo msn como se fosse esquizofrênico. E você deleta aquela experiência da sua vida. Até que o doido é contratado para trabalhar na mesma empresa que você, no seu departamento! CHUTA QUE É MACUMBA!

Sua amiga casada nunca sai de casa sem o maridão. Finalmente você consegue levá-la a uma festa super legal. Aquele cara que você paquera a alguns meses está lá. E em 5 minutos ele está a fim da sua amiga casada e nem tchuns para você. CHUTA QUE É MACUMBA!

Beijocas!