quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Mr. Brightside


Uma boa conversa (MSN) com um amigo, ex-rolo, etc... Um alívio no auge da minha TPM! E uma constatação também: "putz, tá todo mundo f@dido!!!"

Conversa (com adaptações):
...
[00:12:04] Mr. Brightside diz: Andou levando pé na bunda ?
[00:12:43] Bullet with Butterfly Wings diz: Pois é... mesmo esquema que tem me acontecido nos (quase) últimos dois anos. Explicando: Conheço um cara legal e tal. Começamos a sair. Beleza. Vai, que vai... Pouco tempo depois, vejo que sou colocada de escanteio porque o cara não quer nada comigo. Explicação: tem outra na parada e "ela" sempre leva a melhor.
[00:14:24] Mr. Brightside diz: Hnmmm... complicado. Eu só diria uma coisa: o cara não te merece. Mas isso não coisa que se fale..é clichê.
[00:14:48] Bullet with Butterfly Wings diz: Isso virou padrão na minha vida.
[00:15:06] Mr. Brightside diz: E por que você acha que isso acontece?
[00:16:56] Bullet with Butterfly Wings diz: Parece que eu só escolho cara enrolado. Pô... antes eu soubesse, mas só descubro quando é tarde demais. Não sei por que isso acontece. Não escolho conscientemente caras assim, que não querem nada comigo. Não sou masoquista. Mas infelizmente virou padrão... e acaba que quando tento começar algo legal, já tento me preparar psicologicamente pra algo assim... e bum! Não é que acontece mesmo? Eu nem fico puta com o cara mais... fico puta comigo.
[00:17:43] Mr. Brightside diz: Bom.. realmente é uma coisa complexa. Já aconteceu comigo. De começar a sair com uma mina, ficar um pouco, parecer que ia engrenar... e simplesmente eu não querer mais, sem muita explicação. Posso te falar um pouco da minha expêriencia, mas não sei se é o mesmo caso. Comigo, algumas vezes aconteceram assim: eu acho a mina maneira, admiro, a companhia é boa, o sexo é bom.... chego a me perguntar se não é a pessoa certa. Mas logo começa a faltar alguma coisa: aquele "chan"!!! Não é algo que tenha explicação... simplesmente não rola de investir mais. Às vezes a mulher está envolvida, apaixonada, afim de investir... mas eu simplesmente não quero. Fico até me perguntando: pô... por que simplesmente não me apaixono perdidamente? A mina é massa, legal, isso e aquilo. Seria mais fácil se apaixonar perdidamente. Mas simplesmente não acontece. Este é um dos motivos para eu estar sozinho até hoje, por exemplo.
[00:21:07] Bullet with Butterfly Wings diz: Tem que se apaixonar pra ir pra frente, né?
[00:21:12] Mr. Brightside diz: Ah sim... tem! Bom, eu não consigo se não tiver amor de verdade. Sou um romântico, sonhador... Então, se não for aquele negócio profundo, verdadeiro... nem invisto. Não tenho perfil de canalha ou enrolador. Pra mim... ou é ou não é.
[00:22:58] Bullet with Butterfly Wings diz: Eu vejo que pra começar a amar, tem que admirar alguma coisa na pessoa... e não é difícil acontecer. Mas pra engrenar, acho que os dois têm que ter um pouco de "paixão". Só que geralmente só um lado tem isso. O outro fica a ver navios. Chato isso.
[00:23:18] Mr. Brightside diz: É.... não é fácil acontecer pros dois ao mesmo tempo. Sem dúvida: tem q rolar admiração, respeito, enfim...
[00:24:52] Bullet with Butterfly Wings diz: A medida que o tempo passa eu vou me fechando e ficando "amarga" quanto a isso (não sei se amarga é a palavra correta). Vai chegar uma hora que não vou conseguir nada, sentir nada. E eu tenho medo disso, sabe?
[00:25:02] Mr. Brightside diz: Sei. Também passo por isso. Também me sinto assim. Mas tem que ver o seguinte: somos pessoas complexas, críticas, personalidade forte, seletivas, inflexíveis, egoístas... E com todos estes predicados, é difícil mesmo achar alguém que se encaixe.
[00:28:01] Bullet with Butterfly Wings diz: Mesmo assim tem tanta gente namorando por aí. Semana que vem vou a um casamento. É difícil sim. Mas sei lá, já nem tento mais pensar ou racionalizar em alguma explicação pra felicidade alheia e a solidão minha e de mais outras milhões de pessoas legais por aí.
[00:28:55] Mr. Brightside diz: Bom.. o que me "conforta" é ver que a grande maioria dos meus amigos também estão sozinhos e vivem situações parecidas com as minhas. Tipo: são potenciais solteirões. Eu estou aprendendo a lidar a aceitar cada vez mais isso, embora ter sempre sonhado com família, filhos, etc. É algo que me assusta. Mas menos que no passado.
[00:31:48] Bullet with Butterfly Wings diz: Eu tô me assustando com isso agora... Há algum tempo, mas o sentimento de angústia tem aumentado. Não angústia assim, de dor, de mal estar. Acho que medo mesmo. Um dia sei que relaxo. Acho que quando tiver realmente perdido a esperança de família, filhos, etc.
[00:32:11] Mr. Brightside diz: Você me disse que nunca queria ter filhos.
[00:33:12] Bullet with Butterfly Wings diz: Não é uma vontade, sabe? Ter vontade de ter filhos, claro que sim. Mas acho que essa vontade nasce ou cresce, melhor, em mim, quando eu vejo que há possibilidade real. Mas vontade, no fundo eu tenho sim. Acho que é algo inerente ao ser humano.
[00:34:22] Mr. Brightside diz: Sim, sempre achei. E de mim.. .você chegou a esperar algo a mais?
[00:35:28] Bullet with Butterfly Wings diz: Cheguei. Mas foi por pouco tempo. Logo vi que não era o que você queria.
[00:36:03] Mr. Brightside diz: Sou um cara complicado mesmo. No seu caso.... foi um destes exemplos em que me perguntei algumas vezes: pô.. ela é legal, gosto da companhia, do sexo, etc, etc... Por que simplesmente não me apaixono? Acho que temos a ver, somos parecidos, nos divertimos, etc. Mas, sinceramente, simplesmente não aconteceu. O que não invalida as coisas que escrevi acima, sobre companhia, identidade, sexo, etc. Enfim, é complicado falar estas coisas.
[00:39:02] Bullet with Butterfly Wings diz: Entendo. Isso é uma coisa muito subjetiva, fora do alcance da razão.
[00:39:52] Mr. Brightside diz: Bom... Não desanime. O seu príncipe encantado ainda vai aparecer, montando um alazão...
[00:40:49] Bullet with Butterfly Wings diz: Hahahaha... até um ogro tá valendo (brincadeira)!
[00:41:09] Mr. Brightside diz: Que seja um ogro... charmoso!
...
[00:43:52] Mr. Brightside diz: É bom falar sobre isso para compartilharmos também o que pensamos, o que sentimos... E vermos que não estamos sozinhos... e que no fundo, isso tudo é bem normal.
[00:44:12] Bullet with Butterfly Wings diz: Um pouco de alívio :)
[00:44:43] Mr. Brightside diz: O meu gramado não é mais verde do que o seu. E vice-versa.
[00:45:21] Bullet with Butterfly Wings diz: Ainda bem!
...
Fim da conversa.

Obrigada pelo bom papo, Mr. Brightside!

Os pseudônimos dos personagens desta conversa são mais que fictícios, e quem achar que existe qualquer semelhança com sua vida real, é apenas mera coincidência.

3 comentários:

Zandali disse...

a questão é: precisamos aprender a receber!

é isso o algo mais! por isso nada tá bom... simples assim.

beijo

Ayla Al Nar disse...

poxa, existe semelhança com a minha vida e não é mera coincidência...rs...

LaLi disse...

olá..
acho q não deveria já pensar se vai aocntecer ou não, se pensar, obvio q vai acontecer.. msma coisa se pensar, "já pensou se tropeço na fretne dele" , e tropeça msmo, não é assim?
boa sorte..
tdo d bom pra ti..
gostei do teu blog..

bjus